RSS

Pesca maravilhosa

pesca maravilhosa

“… mas, sobre tua palavra, lançarei a rede.”

 

Tudo o que Jesus fez é, de fato, maravilhoso e inegavelmente importante. Entretanto, existem alguns dos milagres realizados por ele que realmente me fascinam por trazerem preciosíssimas lições para nossa vida espiritual e também aos afazeres diários. Um deles é o que está registrado em Lucas 5:1 ao 11, que trata de uma pesca, a qual se tornou maravilhosa.

Nesse episódio, vemos que o Mestre tinha curado a febre da sogra de Pedro. Por causa disso, muitos começaram a trazer enfermos e possuídos por demônios para serem curados e libertos. Pelo que se entende o Senhor passou a noite inteira abençoando as pessoas. Mas ele também precisava descansar, pois, somente assim, renovaria suas forças para ter condições de continuar a realizar grandes obras em benefício do povo. Por essa razão, retirou-se para um lugar deserto, onde poderia, enfim, repousar um pouco (Lucas 4:37 ao 44).

No entanto, sua fama corria velozmente e logo o encontraram e a multidão o apertava para ouvir a palavra de Deus às margens do lago de Genesaré. Então Jesus viu dois barcos junto à praia e os pescadores lavando as redes. Nesse momento, Ele teve uma boa ideia: entrar num daqueles barcos, a fim de ficar mais à vontade e visualizar melhor as pessoas. Aliás, o Mestre sempre tinha boas ideias para resolver os problemas que lhe apresentavam.

Depois de entrar no barco, pediu a Simão (Pedro) que se afastasse um pouco da terra, sentou-se e começou a ensinar a multidão. Quando acabou de falar, o Senhor teve outra boa ideia, como sempre. Ele ordenou a Pedro que fosse para um lugar onde as águas fossem mais profundas e lançasse as redes para pescar.

Ora, tal ordem parecia um tanto insensata e injusta com Pedro e os demais pescadores. Eles haviam trabalhado a noite inteira e não tinham conseguido nada. Certamente estavam exaustos, desanimados,  decepcionados e preocupados. Mesmo sendo profissionais e conhecendo os melhores lugares para pescar, voltaram de mãos vazias. Por esses motivos, era direito deles se recusarem a cumprir a ordem. Ninguém tinha  razão de questioná-los se assim fizessem.

Nesse ponto, já podemos identificar algumas preciosas lições. A primeira é que devemos fazer como aquelas pessoas, as quais seguiram o Mestre para ouvirem a palavra de Deus, pois “nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus” (Mateus 4:4).

A segunda: Jesus sempre vê quem está trabalhando. Ele viu Simão e seus ajudantes. Sem dúvida, o Mestre também enxergou o coração daqueles homens os quais, provavelmente, estavam preocupados, pois como iriam cumprir os compromissos daquele dia se não haviam pegado nenhum peixe? Ele também vê nosso esforço e nossas preocupações.

A terceira: Jesus teve uma boa ideia  para solucionar aquele problema. Ele usou os recursos humanos e materiais que os pescadores possuíam para, com eles, trazer a provisão da qual careciam. Com você e comigo não é diferente. Sempre temos alguma coisa em nossas mãos que podem ser usadas pelo Senhor para ele realizar o milagre do qual necessitamos. Com eles, foram os barcos e as redes; já com Moisés foi a vara. Certamente, você tem algo que Cristo pode usar para trazer à existência o desejo do seu coração. Pense um pouco e descobrirá ( Ler Marcos 6:30 ao 44).

A quarta: o Mestre não fará aquilo que está ao nosso alcance. Decidir  obedecer à voz dele era uma escolha de Pedro e dos demais, organizar e colocar as redes no barco, remar até o lugar onde havia águas profundas e lançar as redes fazia parte das possibilidades e responsabilidades daqueles homens. Porém, atrair os peixes para a rede era algo da competência do Senhor (Isaías 1:19).

A quinta: Read the rest of this entry »

 

Tags: , , , , , , ,

O segredo do sucesso

chave segredo-sucesso

Se quiserdes e estiverdes dispostos a obedecer, comereis os melhores frutos desta terra.” (Isaías 1:19)

 

     Uma das coisas mais comuns a cada um de nós é fazer uma auto-avaliação, especialmente em momentos específicos da vida, sobretudo no final do ano. Nela, sempre estabelecemos comparações, seja com anos anteriores ou com outras pessoas, as quais consideramos bem-sucedidas.

Tais avaliações e comparações, entretanto, precisam ser feitas de forma sábia e criteriosa. Não que em si mesmas elas sejam más. Ao contrário, se elaboradas com sabedoria, poderão ajudar-nos a corrigir a rota, a estabelecer novas metas para atingir objetivos propostos ou mesmo a dar prosseguimento àquilo que estamos desenvolvendo no momento.

No entanto, caso as façamos de maneira equivocada, elas podem causar sérios prejuízos tanto de ordem material quanto de natureza espiritual. O que, fatalmente, gera decepção consigo mesmo e o pior: até com Deus. Então, como avaliar-se de modo sábio e, portanto, correto?

Penso que a primeira demonstração de sabedoria é reconhecer a diferença entre sucesso do ponto de vista humano e ser bem-sucedido aos olhos de Deus. Por quê? Por haver uma distância enorme entre os dois pareceres.

Para entendermos melhor, vejamos o que significa a palavra sucesso: (latim: successu) Êxito; resultado feliz. Agora, veja bem-sucedido: 1.Que  tem ou teve êxito ou sucesso em seu empreendimento. 2. Que está bem  financeiramente (Wikipédia).

Se atentarmos para o sentido atribuído pelo homem a essas duas palavras, verificaremos que obteve sucesso em 2014 quem se destacou em alguma área (financeira, social, esportiva, científica, política, intelectual ou quaisquer outras). E, em parte, esse conceito está correto, principalmente se tais indivíduos colheram bons frutos de forma honesta. Logo, merecem nossos aplausos em reconhecimento por seus feitos e conquistas.

Por outro lado, quando observamos tal conceito sob a ótica de Deus, a qual está expressa nas Sagradas Escrituras, veremos que o Senhor tem um olhar e parâmetros  bem diferentes para declarar se alguém é bem- sucedido ou não.

Quando voltamos nossos olhos para a Bíblia, encontramos em muitos textos argumentos que fundamentam o que estou falando. Porém, como não é possível colocar todos num artigo, tomo como base para a argumentação Josué 1º: 1 ao 9, o qual registra o encontro do Senhor com Josué, a quem escolhera para ser o sucessor de Moisés, que havia morrido. Nesse texto, Deus nos revela seu conceito de sucesso e prosperidade e como obtê-los.

O primeiro deles é ter um encontro pessoal com Ele, como teve Moisés e, agora, Josué: “E sucedeu que depois da morte de Moisés, servo do Senhor, que o Senhor falou com Josué, filho de Num…” (1:1).

O segundo é saber que cada um cumpre a sua missão e é recolhido por Deus. Moisés cumprira a dele. Então era o momento de Josué assumir o comando e fazer a parte dele: “Moisés, meu servo, está morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão…” (1:2).

O terceiro é estar ciente de que existe uma promessa de Deus, a qual Ele é fiel e justo para cumprir em sua vida: “Todo lugar que pisar a planta do vosso pé vo-lo tenho dado, conforme eu disse a Moisés” (1:3; ler também Números 23:19).

O quarto: estar convicto de que Deus promete estar conosco para que possamos prosperar naquilo que faremos: “Ninguém conseguirá resistir diante de ti, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo: não te deixarei nem te desampararei” (1:5; ler Mateus 28:20b).

O Quinto: Deus está conosco; porém, não fará aquilo que nos compete. Precisamos, portanto, cumprir nossa parte na aliança: Read the rest of this entry »

 

Tags: , , , , , , ,

Os números de 2014

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2014 deste blog.

Aqui está um resumo:

A sala de concertos em Sydney, Opera House, tem lugar para 2.700 pessoas. Este blog foi visto por cerca de 17.000 vezes esse número em 2014.Se fosse um show na Opera House, levaria cerca de 6 shows lotados para que muitas pessoas pudessem vê-lo.

Muito Obrigado por terem participado do nosso show. Ao todo, tivemos o acesso de pessoas de 75 países. Isso é um número extraordinário dadas as situações em que trabalhamos – não vivemos disso e nem exclusivamente para isso. Vemos nesses números a poderosa mão de Deus que nos permite alcançar pessoas, as quais nem conhecemos, com a Palavra revelada por Ele a nós. Os maiores números vieram do Brasil, dos Estados Unidos da América e de Portugal. Mas nos surpreendemos com a visita de pessoas de todos os continentes. Mais uma vez, somos gratos.

Clique aqui para ver o relatório completo

 

Tags: ,

Agradecimento

natal-enfeites-dourados-wallpaper

 

(clique na imagem para ouvir  a música)

Como escrevi recentemente, a gratidão é um dos valores humanos mais importantes, o qual age como o combustível que produz a energia que move as relações humanas. E, porque creio piamente nisso, almejo, juntamente com minha família, agradecer a todos vocês que nos honraram durante todo o ano.

Muitos de vocês estiveram no lançamento do primeiro livro (Característica de um filho amado); por isso, nosso muito obrigado. Foi uma grande honra tê-los presentes nessa ocasião. É de fato algo inexplicável e impagável.

Nossa gratidão a todos vocês que adquiriram o livro. Já houve vários depoimentos de pessoas que foram tocadas pelo Espírito Santo através destes escritos. Então, entendemos que o propósito tem sido alcançado.

Além disso, o blog e a página no facebook tiveram milhares de acessos. Também a todos vocês nosso muitíssimo obrigado. O que temos escrito e postado é feito com muita oração e estudo da Palavra de Deus, para que vocês realmente sejam abençoados pelo Senhor.

Agradecemos ainda a todos aqueles que curtiram, compartilharam e deixaram seus  comentários pela internet. Sei que o fizeram com carinho e amor cristão.

Não posso deixar de agradecer também aqueles que têm orado por nós e nos incentivado a continuar. Podem ter certeza de que isso tem sido um poderoso combustível, o qual nos dá força e motivação para continuar e melhorar cada vez mais. Muitíssimo obrigado.

Para finalizar, quero dizer que será um enorme privilégio e honra contar com vocês no próximo ano. E mais: almejamos, eu e minha família, que toda sorte de bênçãos alcance a vida de cada um de vocês neste Natal e que 2015 seja de fato um ano de grandes conquistas pessoais e familiares.

Para sua reflexão leia o texto seguinte: “O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz” (Números 6:24 ao 26).

 

Família Araújo

24  de dezembro de 2014

 

Tags: , ,

Olhar para Jesus

Olhar para a cruz

Viver nos dias atuais tem sido cada vez mais difícil para todo aquele que deseja ser íntegro, especialmente para quem decidiu pautar sua vida na Palavra de Deus. Na verdade,  querer ser correto hoje é nadar contra a correnteza; logo, torna-se algo extremamente cansativo e o nadador precisa estar muito bem preparado, senão corre um sério risco de ser arrastado pelas águas, perder as forças e morrer afogado.

Creio ter sido por essa razão que o apóstolo Paulo, em sua segunda epístola a Timóteo 3:1, escreveu: “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhososSabendo que essa carta foi escrita há quase dois mil anos, fico admirado com o fato de ser tão atual. Parece que ele estava escrevendo para nós que vivemos em pleno século XXI, não é mesmo?

Penso eu que nunca houve dias tão trabalhosos como os de hoje. O acesso à informação através das diversas mídias permite-nos saber de tantas desgraças e corrupção que, ou nos revoltamos ou tornamo-nos insensíveis diante da dor e do caos, o qual parece ter se tornado hóspede permanente do mundo, sobretudo do país onde vivemos. Basta pensar no esquema criminoso envolvendo a maior e até então a mais respeitada e respeitável empresa brasileira, a Petrobrás.

Se por um lado ficamos pasmos ao presenciar esse câncer corroendo os valores humanos, por outro isso não devia nos surpreender, uma vez que as Escrituras Sagradas também já revela que a degradação humana atingiria níveis altíssimos. Ao voltar as costas para Deus, a Luz que alumia as densas trevas, o homem foi descendo a passos largos e apressados os degraus da imoralidade e da corrupção de todo gênero.

A afirmação acima está fundamentada em Romanos 1:21 ao 26. Veja:          “Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.  Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.  Por isso, também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si, pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.  Por isso, Deus os abandonou às paixões infames.

Há muitos textos bíblicos que confirmam o que afirmei. Porém, como não quero me alongar, mencionarei apenas outro que também é muito claro:        “Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, 
sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,  tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te
(II Timóteo 3:2 ao 5). 

Porventura não é exatamente isso que temos presenciado?

Talvez, você esteja se perguntando: “Como vou conseguir me manter puro e íntegro diante de Deus, da minha família, da igreja e da sociedade?”.

Como sempre, a Bíblia tem a resposta: “Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.  Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos” (Hebreus 12:1 ao 3)

Todo o texto é muito importante. No entanto, quero destacar este trecho: “Olhando para Jesus, autor e consumador da fé…”. Aqui está o segredo: Read the rest of this entry »

 

Tags: , , ,

Saúde mental

saude mental

Atualmente, as pessoas estão bastante preocupadas com sua saúde física, o que, sem dúvida, é extremamente importante. Para ter um corpo saudável, muitos procuram ter uma alimentação balanceada e conciliam isso com a prática de atividades físicas.

Assim, adquirem maior condicionamento físico e o organismo funciona bem melhor, inclusive a mente trabalha de modo mais adequado, pois o cérebro libera a endorfina, uma substância química (As endorfinas foram descobertas em 1975. Foram encontrados 20 tipos diferentes no sistema nervoso, sendo a beta-endorfina a mais eficiente, pois é a que dá o efeito mais eufórico ao cérebro. Composta por 31 aminoácidos, a endorfina é produzida em resposta à atividade física e durante o orgasmo, visando relaxar e dar prazer, despertando uma sensação de euforia e bem-estar, segundo o Wikipédia).

Por outro lado, ocorre algo deveras intrigante: grande parte desses que estão profundamente preocupados com seu físico e, por isso, alimenta-o e trata-o com enorme cuidado, não sente a mesma preocupação ou não tem nenhum escrúpulo ou critério para selecionar aquilo com que alimenta sua mente. Por causa disso, ainda que não percebam, estão adoecendo mental e emocionalmente, conforme afirma o doutor Augusto Cury, cientista da mente e escritor, em sua bela obra “Ansiedade”.

Segundo afirma nesse livro, há um registro automático da memória, ao qual ele chama de RAM, que faz com que as imagens captadas por nossos olhos fiquem registradas em nossa mente e, com o passar do tempo, elas podem gerar ansiedade, depressão, síndrome do pânico e outros males tão perniciosos quanto.

Há um bom tempo, venho pensando sobre isso. Mas nos últimos meses isso tem ocorrido com muita frequência e, juntamente com esse pensamento, o qual sempre compartilho com minha esposa, tem vindo um ditado popular que diz: “Os olhos são a janela da alma”.

Apesar de ele não estar escrito nas Escrituras, é totalmente coerente com o que disse Jesus em Mateus 6:22 e 23: “A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz;  se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!”.

Logicamente, esse texto não pode ser analisado fora do contexto; entretanto, penso que ele pode ser empregado em muitas situações da nossa vida. Read the rest of this entry »

 

Tags:

Faca de dois gumes

o poder da língua

Uma das armas mais poderosas que temos à disposição é a nossa língua,  ou seja, são as palavras. Isso porque dependendo da maneira que as usamos podemos produzir vida ou morte.

Parece muito estranho falar assim, porém veja o que disse Salomão, o homem mais sábio da terra, segundo o próprio Deus: “A morte e a vida estão no poder da língua; aquele que a ama comerá do seu fruto” (Provérbios 18: 21).

Como pode isso ser possível? É simples. Basta lembrar que muitas vezes estamos desanimados ou mesmo deprimidos e alguém nos traz uma palavra encorajadora, a qual age como uma injeção de ânimo, gerando vida, dando-nos força de tal modo que conseguimos levantar a cabeça para seguir em frente, lutando e superando os desafios que se nos apresentam diariamente.

Por outro lado, uma palavra mal dita, isto é, mal falada ou empregada, torna-se maldita, porque pode levar um indivíduo à depressão, a abandonar um sonho, a romper uma amizade ou ainda destruir um casamento. Além disso, em casos extremos, uma pessoa suicida-se por causa da língua ferina de alguém que a ofendeu, difamou, caluniou ou a subestimou de modo deveras humilhante.

Vale também lembrar que o texto declara: “Aquele que a ama comerá do seu fruto”. Ou seja: a pessoa colhe os frutos de acordo com o tipo de semente semeado. Logo, se plantarmos o mal, por certo colheremos o mal; no entanto, se semearmos o bem, sem dúvida, ceifaremos o bem. É, de fato, uma faca de dois gumes.

Por essa razão, procuremos sempre produzir vida por meio da nossa língua. Quando agimos desse modo, além de abençoarmos nosso próximo, atraímos o olhar de Deus e suas copiosas bênçãos sobre nós também.

Quero que saiba que estou cônscio de que agir dessa maneira nem sempre é fácil. Ao contrário, em bastantes situações é dificílimo. Todavia, é preciso e imprescindível a todos nós, pois demonstra genuíno amor cristão ao próximo e obediência ao Senhor, o qual nos ensina a amá-lo acima de todas as coisas e a nossos semelhantes como a nós mesmos (Marcos 12: 30 e 31).

Para que você se aproprie um pouco mais dessas verdades, reflita sobre os seguintes textos:

“As palavras suaves são favos de mel: doces para a alma e saúde para os ossos.” (Provérbios 16:24)

“Há alguns que falam como espada penetrante, mas a língua dos sábios é saúde.” (Provérbios 12:18)

“Cada um se fartará do fruto da sua boca e da obra das suas mãos o homem receberá recompensa.” (Provérbios 12:14)

“A ansiedade no coração deixa o homem abatido, mas uma boa palavra o alegra.” (Provérbios 12: 25)

“A boca do justo é fonte de vida, mas a violência cobre a boca dos perversos.” (Provérbios 10:11)

“A palavra proferida no tempo certo é como frutas de ouro incrustadas numa escultura/moldura de prata.” (Provérbios 25:11)

“O que é cuidadoso com o que fala evita muito sofrimento.” Ou “O que guarda a sua boca e a sua língua, guarda das angústias a sua alma.” (Provérbios 21:23)

“De uma mesma boca procedem bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isso se faça assim. Porventura podem sair água doce e água amargosa da mesma fonte?” (Tiago 3: 10 e 11).

 

Tags: , , , , ,

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 200 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: