Anúncios
RSS

PLC 122/2006 – Homossexualismo liberado x Cidadão recriminado

22 dez

Estamos trazendo hoje uma notícia que deve ser motivo de preocupação de todos os brasileiros que não concordam com a aprovação do Projeto de Lei que trará, se aprovado, liberdade a todos os homossexuais (sem restrições) e punição àqueles que discordem deles, inclusive seus familiares.

Recebemos um e-mail que nos deixou muito preocupadosVeja na íntegra o e-mail preocupante clicando Aqui. Pela nossa Constituição, o direito de liberdade já nos está preservado e a eles também. Pela nossa Constituição, DEVEMOS respeitar o nosso próximo independentemente de quem seja. Por isso, os direitos deles também já estão preservados e a lei já possui artíficios para julgar que comete o pecado da discriminação sem ferir o direito de igualdade a todos.

Convidamos vocês, amigos, a observarem atentamente o que ocorre no Senado e também a se manifestarem contra a aprovação do Projeto de Lei 122/2006 que poderá ser votado a qualquer momento na surdina!

Colocamos abaixo o e-mail que enviamos aos senadores pedindo que não votem a favor. Convidamos vocês a fazerem o mesmo. Clique aqui e obtenha o e-mail dos senadores a fim de que vocês façam seus manifestos assim como nos permite a Constiuição Brasileira.

Voltamos a dizer: respeitamos as pessoas sem qualquer discriminação, embora não sejamos obrigados a concordar com suas atitudes. Podemos respeitar os assassinos, preservar-lhes os direitos, mas não podemos concordar com suas atitudes. Respeitamos os pedófilos como cidadãos que são, mas não podemos concordar com o que fazem, respeitamos os ladrões, prostitutas, homossexuais, cidadãos de bem, todos os brasileiros, mas não é por respeitarmos a todos que somos obrigados a concordar com suas atitudes, por mais banais que possam parecer. É nossa obrigação respeitar. É também nosso direito continuar com nossa liberdade de opinião. Temos colegas que são homossexuais e nem por isso os tratamos de forma diferente. Atribuimos a eles o mesmo tratamento que damos aos colegas heterossexuais. É nosso dever já que também queremos ser respeitamos em nossas opiniões.

E-mail que enviei solicitando que reconsiderem suas opiniões a respeito da PLC 122/2006

“Olá.

Quero deixar aqui meu repúdio e indignação pelo que estão tentando fazer na surdina, esperando a qualquer momento votar a PL 122 (inclusive de madrugada!). Imagino que vocês devem estar mais interessados no que vos trará de “favorecimentos”, em todos os sentidos, a aprovação desse projeto de lei. O que acredito não ter sido vossa preocupação é o fato de que alguns anos mais vossos filhos, netos e bisnetos estarão sendo esses mesmos libertinos que vocês querem proclamar. Não acredito que em são consciência queiram isso para seus descendentes.

Peço por favor que não aprovem essa lei e que o que tiver que acontecer naturalmente ocorra sem a necessidade de leis que venham prejudicar nossas famílias. Vejo que independentemente da religião essa aprovação não faria bem à nossa sociedade. Pensem em suas famílias, seus filhos, nossas comunidades e no tanto de transtornos que isso causaria. Uma tremendoa afronta à nossa Constituição que prevê liberdade de expressão e que já pune aqueles que atentarem contra a liberdade do outro.

Reconsiderem suas opiniões e não queiram carregar sobre suas cabeças o peso deste grande problema que estão tentando comprar. Muitos são simpatizantes, como dizem, apenas até o momento em que isso não ocorra dentro de suas próprias casas. Por isso, acho pouco provável que vocês, senhores deputados, tenham a aprovação do povo. Nós haveremos de saber quais de vocês votaram contra ou a favor. Essas coisas não ficam a sete chaves. Até mesmo o futuro político de vocês pode ser ameaçada, sem falar na credibilidade queimada para sempre. Espero não ter convencido apenas, mas aberto vossos olhos para o fato de que o feitiço pode se voltar contra o feiticeiro e que todos esse “benefícios” que alegam ter com a PL pode “explodir” dentro de suas próprias casas causando-lhes ainda muita tristeza!

Márcia Araújo
Cidadã, mãe de filhos, professora, respeitadora das opiniões, dos direitos de expressão, da opinião sexual de cada um, serva do Deus Altíssimo. “Respeito a escolha de cada um, pois vivemos num país de liberdade. Respeito o cidadão acima de tudo, mas não sou obrigada a concordar com suas escolhas!” Espero que esse meu direito seja preservado.”

Anúncios
 
 

Tags: , , ,

Uma resposta para “PLC 122/2006 – Homossexualismo liberado x Cidadão recriminado

  1. vademir

    06/10/2010 at 01:27

    Parabéns continue levando,a palavra de Deus. Tem um professor de ciêcias, que quer ser vc

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: