Anúncios
RSS

FELIZ NATAL !

20 dez

 arvore_de_natal-5593

(ouça) Noite Feliz – André Valadão

          

               Querido, sempre que chega este período do ano, ouvimos e falamos a frase “Feliz Natal” inúmeras vezes. Parece até que se tornou uma expressão automática, mecânica, e eu, muitas vezes, me pego pensando: “O que significa ‘Feliz Natal’?”.

              Segundo o conceito da maioria, certamente quer dizer: “Ter muito dinheiro para comprar roupas, calçados, móveis, eletrodomésticos sofisticados, carros, celulares de última geração, ganhar e dar presentes (em revelações de Amigo secreto ou não), fazer viagens e  outras coisas semelhantes”.

              Para outros, significa ter abundância de comida e bebida, principalmente bebida para tornar mais “animada” a celebração do “Natal”.

              Além desses, há um grupo para o qual essa data é apenas frustrante porque não tem condições financeiras para atender os apelos da mídia ao consumismo, tão contundentes e insistentes nesses dias que antecedem essa data. Logo, sente-se impossibilitado de celebrar “Aquele Natal”; não raras vezes, ficam revoltados por isso.

              Outra parcela da população não vê motivo algum para comemoração, pois, para tais pessoas essa data, e conseqüentemente o aniversariante, nada representam. Aliás, para eles, a história de Jesus é apenas uma lenda. Portanto, o aniversariante não é merecedor de uma celebração tão entusiasmada como se vê por aí.

              Mas… Afinal de contas, o que significa: “Um feliz Natal”?

              Gostaria, primeiro, de salientar que não é nada disso que a maioria pensa. Por isso, para entendermos o verdadeiro sentido dessa expressão é preciso estar cientes de que não se sabe ao certo se o Messias realmente nasceu nessa data. É mais provável que não. Estudos apontam para uma data entre março e abril, especialmente por causa das condições climáticas do período do ano. Porém, mesmo que não tenha sido, é extremamente justo e bonito que se comemore entusiasticamente seu nascimento. Você se lembra que quando Jesus veio ao mundo os pastores (representando o povo), os magos (representando os da elite social), a estrela (representando os elementos do universo) fizeram celebrações? Mas, além deles, até os anjos de Deus festejaram grandemente a sua vinda ao mundo.  

          Obviamente, não podemos comemorar forma ignorante ou leviana, como a maioria que celebra o “Natal do ventre e do consumismo”, esquecendo-se quase que por completo do aniversariante. (Só para pensar: Como você se sentiria se fossem festejar o seu aniversário e nem ligassem para você? E é justamente isso que acontece com muitos dos que celebram o Natal: esquecem-se do mais importante da festa: o aniversariante.)

              Sendo assim, é importante que tudo seja feito conforme as orientações bíblicas, isto é, ter ciência de que Cristo nasceu fisicamente e passou por tudo aquilo não para dar um espetáculo, um “show”. Ele o fez para mudar a história da humanidade, inclusive a sua, trazendo salvação, reconciliando o homem com Deus, pois o pecado o afastara do seu Criador, conforme as Escrituras Sagradas afirmam: “Mas as vossas iniqüidades (injustiças) fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem de vós o rosto do Senhor, para que não vos ouça”. (Isaías 59:2). No entanto, o mais importante de tudo é que  Ele, Jesus, pode e quer nascer, espiritualmente falando,  no seu coração para, assim, mudar a história da sua vida e a da sua família. Ele  não quer que você festeje apenas o nascimento físico dele, ocorrido há mais de dois mil anos atrás. Não quer que você o veja como aquele bebezinho que simplesmente desperta sentimentos de afeição, admiração ou piedade por ter nascido numa manjedoura ou que sua lembrança Dele seja aquela do seu sofrimento, crucificação e morte das imagens de escultura ou dos filmes ou, ainda, que se recorde Dele como um astro de Hollywood, ou seja, como um pop star. Antes, porém, Ele almeja que você o convide para entrar em seu coração, como Ele mesmo diz em Apocalipse 3:20: “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo”. E mais: “Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observem os meus caminhos” – Provérbios 23:26. Anseia que neste Natal você celebre o nascimento espiritual dele em sua vida  como seu Senhor e Salvador pessoal. Deseja que a cada dia, a partir de então, haja uma festa pelo nascimento e crescimento Dele em seu coração.

              Se você assim proceder, poderá ter verdadeiramente um “Feliz Natal” diário, contínuo progressivo e também estará em condições de desejar o mesmo para outros, ainda que não possua nada ou quase nada daquilo que foi citado no início do texto, porque o Natal realmente feliz independe das  coisas materiais que possuímos ou de sermos ou não famosos, como apregoa o mundo.

              Ah, já ia me esquecendo: Um feliz Natal para você e sua família e um Ano Novo repleto de bênçãos de Deus de toda sorte, sobretudo as espirituais!!! E que tal convidá-lo no Natal deste ano para a celebração que você fará com sua família e/ou amigos???

 

 

Anúncios
 

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: