Anúncios
RSS

SENTADO NO PREGO

02 mar

preguica_cansa

              Certa feita, um viajante que caminhava por uma estrada rumo a um vilarejo, encontrou, sentado à sombra de uma árvore, um senhor idoso e um cãozinho. E o transeunte notou que o animal choramingava tristemente. Cumprimentou os dois e prosseguiu em direção ao seu destino.

              Ao voltar no final da tarde, encontrou a mesma cena e, intrigado, resolveu perguntar ao velho se ele não se preocupava com o cãozinho que, aparentemente, estava com algum problema. Ao que ele respondeu sábia e pacientemente:

              ____ Filho, ele está sentado num prego.

              ____ E o senhor não se incomoda? – indagou o viajante.

              ____ Não, filho, pois ele está choramingando, mas não sai do lugar. Se a dor fosse realmente insuportável, ele sairia. Porém, como não é, ele se contenta em apenas reclamar. 

              Que resposta profunda!!! Infelizmente, essa é a realidade de inúmeras pessoas, inclusive freqüentadoras de igrejas. Parecem estar o tempo todo sentadas no prego, no entanto, como a dor não é suficientemente forte, contentam-se em lamentar, reclamar, choramingar. Não podem ver alguém por perto que já começam derramar baldes e baldes de desgraças. Entretanto, não tomam a decisão de levantar-se e lutar para mudarem a situação em que se encontram. Muitos nem sequer percebem que estão sendo vítimas das astutas ciladas do maligno, que quer mantê-los encarcerados, alimentando-os com apenas o mínimo necessário, tirando-lhes qualquer possibilidade de viverem abundantemente. Por conseguinte, não tomam posse das verdades bíblicas sobre a vida vitoriosa que o Senhor promete e dá prazerosamente àqueles que decidem crer e agarram-se firmemente a elas.

              Caso queiramos usufruir da vida vitoriosa oferecida por Deus, em vez de reclamar, maldizer(se) é mister agir, sair da mesmice, do lugar-comum, do conformismo, do comodismo, tão perniciosos ao ser humano. É preciso, aliás, é imprescindível cada um fazer a parte que lhe é cabível.

              Logo, se alguém quer mudança na área profissional, estude, prepare-se, capacite-se, dê um chute no complexo de inferioridade que o faz sentir incapaz, menor que os demais e assuma a identidade de quem de fato é: a imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1:26) e como tal, inteligente e predestinado para ser um vencedor. Lembre-se do que diz a Bíblia: “Como imagina em seu coração, assim é” (Provérbios 23:7). Então, sabendo que “em Cristo que nos fortalece podemos todas as coisas”, como nos diz Filipenses 4:13, devemos buscar a orientação do Senhor e ir à luta, convictos de que não estamos sozinhos, jamais.

              Aquele que almeja uma vida espiritual mais abundante, poderosa, frutífera também deve proceder da mesma forma. Jesus mesmo afirmou em Lucas 11:13 que “embora os homens sejam maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais vosso Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que pedirem a Ele”. Portanto, quem quer mudança para melhor, é lógico, deve agarrar-se com unhas e dentes às promessas do Senhor e dedicar-se mais à leitura da Palavra, à oração, ao jejum, à meditação, pois só assim esse Novo Ano será um período de crescimento e realização espiritual, em vez de frustração. E o mesmo se aplica a todas as demais áreas que compõem, constituem a nossa vida aqui na terra.

              Cumpre ainda dizer que devemos ter consciência absoluta de que a nossa força e capacidade vêm do Senhor, como reconheceu Davi quando disse que fora Deus que lhe deu condições para matar um urso e um leão, defendendo assim o rebanho de seu pai Jessé e também no momento em que dirigiu-se a Golias I Samuel 17: 45 ao 47). É cabível lembrar também que Deus diz: “Esforça-te, e eu te ajudarei”(Isaías 41:10).

              Diante dessas verdades do Senhor, só resta dizer: pare de choramingar, de lamentar, de maldizer(se), de considerar-se um “burro” ou um “Zé Ninguém”; pare de desvalorizar quem Deus valoriza tanto – você. Levante-se de cima desse prego agora e parta em direção a um ano de vitórias, de conquistas. E, se vierem algumas derrotas, tenha plena convicção de que até podemos sofrer algumas derrotas, mas jamais seremos destruídos, porque: “Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Romanos 8:31). Então, uma vitória não é o fim, não é tudo; uma derrota também não é o fim, não é tudo.

              Que o Senhor Jeová o abençoe rica e abundantemente, e também a sua família nesse Novo Ano. Que o Senhor o coloque por cabeça (Deuteronômio 28:13) e que “Todo o lugar que pisar a planta do seu pé, seja dado a você” por herança (Josué 1:3). Que o Espírito Santo o ajude a ser um agente de transformação, a começar por sua própria vida e estendendo-se por sua família, escola, local de trabalho, igreja e em todos os demais lugares onde estiver. Ah! Já ia me esquecendo de dizer: as verdades aqui registradas somente terão valor se você estiver disposto a crer e a praticar(II Crônicas 20:20 – parte final). Caso contrário, serão palavras jogadas ao vento e não trarão nenhum benefício para sua vida.

Anúncios
 

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: