Anúncios
RSS

Arquivo da tag: Descansar no Senhor

Refrigério para a alma

“…guia-me a águas tranquilas; refrigera a minha alma…”(Salmos 23)

ceu

        Vivemos em um mundo conturbado, no qual sofremos pressões, decepções e frustrações com muita frequência. Isso pode ser no trabalho, na vida social ou ainda no seio da família com filhos ou cônjuge. Às vezes, ocorre até mesmo na comunidade da qual fazemos parte. Por essa razão, nossa alma passa a se sentir cansada e a ter necessidade de descanso, alívio e refrigério.

Quando falamos sobre esse tema tão importante e apetitoso, somos levados a refletir sobre o Salmo 23. Nele, Davi, o pastor de ovelhas, declara: “Deitar-me faz em verdes pastos; guia-me a águas tranquilas; refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome” (23:2 e 3).

Mas por que ele fez essa declaração? Tenho por certo que passava em seu dia a dia por várias situações de perigo e estresse por causa dos animais ferozes aos quais precisava enfrentar para proteger o rebanho que estava aos seus cuidados.

Penso eu que justamente pelo fato de querer o melhor para as ovelhas (água, alimento e sombra) e de dar-lhes a melhor proteção possível, ele passou a entender que Deus também cuidava dele, e melhor, porque sua vida valia muito mais que um rebanho ou que qualquer outro elemento.

Basta lembrar que foi criado à imagem e semelhança do Seu Criador e pelo qual Jesus morreu (Gênesis 1:16; João 3:16). Davi entendeu que o Senhor é Jeová-Jirê (Deus-Provedor) e, por isso, supria e supriria todas as suas necessidades, inclusive a de refrigerar sua alma sedenta (Salmos 23:2).

Nessa mesma linha de pensamento, Jesus disse: “Venham a mim todos vocês que estão cansados e oprimidos e eu vos aliviarei… e encontrarão descanso para sua alma” (Mateus 11:28 e 29).E o Senhor sabia muito bem do que estava falando. No entanto, além de saber, podia e pode dar o alívio e o descanso para a alma de quem o procura.

Meus queridos, não sei como estão se sentindo hoje, neste exato momento, por causa dos problemas pelos quais vocês estão passando. Porém de uma coisa eu sei: no Senhor vocês encontrão refrigério e descanso para sua alma. Portanto, corram até Ele com uma viva esperança e plena certeza de que não voltarão de mãos vazias; todo aquele que o procura Ele não o lançará fora (João 6:37) . Então, “descansem no Senhor e esperem Nele…” (Salmos 37:7).

Anúncios
 

Tags: , , , ,

Descanso para a alma

descanso

“Descansa no Senhor e espera nele…” (Salmo 37:7)

     Vivemos em um mundo cada vez mais conturbado e que exige das pessoas coisas além do que podem oferecer ou fazer.

No mercado de trabalho, os empregadores querem indivíduos que, além de ser bem qualificados, vistam a camisa da empresa e tenham o perfil que se encaixe na filosofia de trabalho adotada pelo patrão. Em outras palavras: que vivam em função da empresa.

Como consequência disso, o indivíduo se vê obrigado a sempre voltar para a escola (não que isso seja ruim; ao contrário, é excelente, desde que na medida certa) ou a fazer cursos que lhes dê condições que propiciem meios para galgar novos cargos ou funções com melhores salários, privilégios, status social ou simplesmente permanecer empregadas.

Se a pessoa está desempregada, o que já causa enormes transtornos, muitas vezes há também a necessidade de retornar à sala de aula ou a cursos de especialização, atualização ou qualificação para que tenha o que se chama de “empregabilidade”.

Na família, também existem pressões e cobranças, seja por parte do cônjuge – que  reivindica mais atenção, carinho, dedicação, cuidados – ou  dos filhos, que cobram o mesmo – aliás,  normalmente são reivindicações justíssimas.

Ademais, a sociedade atual faz exigências totalmente inescrupulosas. A mídia vende a ideia de que se alguém não possui isso ou aquilo, seja na área de serviços, produtos, bens, fama, relacionamentos ou outros não é feliz. Não é um cara bacana, descolado, especialmente se for adolescente ou jovem.

O pior é que não raramente cobranças excessivas ocorrem até mesmo na igreja da qual alguém é membro. É evidente que não estou querendo dizer que quem faz parte de uma comunidade não precisa ter nenhum compromisso ou responsabilidade com ela. Se pensasse assim, estaria indo contra os ensinamentos bíblicos e, consequentemente, agindo como um tolo. Basta olhar para I Coríntios 12, no qual Paulo compara a igreja a um corpo e argumenta que cada membro é fundamental, pois tem uma função singular e insubstituível.

Refiro-me, portanto, aos exageros. E isso porque há cristãos verdadeiramente íntegros e bem intencionados que, para atender os chamados ou convocações da igreja, saem todos os dias de casa, com ou sem a família e, como resultado, não têm tempo para ficarem a sós com seu cônjuge, pais, filhos, familiares… Logo, não têm vida social. Correm, desse modo, o risco de ganhar o mundo para Cristo, mas perder sua família. Ou então viver isolado do mundo, sem amigos.

Como resultado de tantos compromissos e cobranças, mesmo que a pessoa não perceba, sua alma começa a se sentir cansada, oprimida, sobrecarregada, o que fatalmente terá como efeito altos níveis de estresse, angústia, a sensação ou impressão de estar sempre em débito ou abaixo do padrão de qualidade possível ou necessário, podendo resultar numa depressão profunda ou num esgotamento psicofísico, isto é, da mente e do corpo. Por conseguinte, precisará de descanso, de tratamento.

Para entendermos um pouco melhor, viajemos juntos no Salmo 23. Todo ele é assaz importante, mas primeiramente vamos nos ater ao versículo 3, que diz: “Refrigera a minha alma…”. Read the rest of this entry »

 

Tags: , ,

 
%d blogueiros gostam disto: