Anúncios
RSS

UMA DEMONSTRAÇÃO DE AMOR

15 jun

Este slideshow necessita de JavaScript.

ESSE É O 2° DA SÉRIE DE 5 ESTUDOS QUE ESTAMOS PUBLICANDO. BOA LEITURA E UMA BOA REFLEXÃO PRA VOCÊ!

Texto base: João 12: 1-11

Contextualizando

O relato de João no início do capítulo 12 diz respeito à
visita de Jesus na casa de Lázaro, a quem ressuscitara ( ver João 11 ), e suas
irmãs, Marta e Maria. Nessa ocasião, Maria derrama um perfume muito caro nos
pés de Jesus e os enxuga com seus cabelos. Era costume da época ungir com
algumas gotas desse perfume um hóspede importante. Era importado do norte da
Índia. Ainda hoje é usado na indústria de cosméticos e perfumarias.

O
nardo puro geralmente era guardado num vaso de alabrastro. Esse vaso, por sua
vez, era feito de uma pedra finíssima de gesso, levemente cinza e transparente.
Ele não tinha asas e era quebrado quando se desejava usar o perfume que estava
dentro. O valor dele seria equivalente a um ano de trabalho de uma pessoa
comum. Maria não se contentou em apenas usar algumas gotas. Ela quebrou o vaso
e o derramou em Jesus(ver Marcos 14: 3). É importante observar também que
durante as refeições os judeus ficavam reclinados no chão para o lado esquerdo,
de modo que pudessem ter a mão direita livre pra se alimentarem, já que não
usavam talheres. Essa posição à mesa era considerada festiva. Maria efetuou uma
demonstração de amor. Mas o que vem a ser o amor? Amor é uma palavra vinda do
latim e que possui muitos significados. O Dicionário Ruth Rocha o define como
“atração espontânea e intensa por alguém ou por alguma coisa; desvelo, carinho;
objeto de afeto”. Genericamente, pode significar afeição,
compaixão, misericórdia, ou ainda, inclinação, paixão, querer bem, satisfação,
conquista.

Princípios e
ensinamentos

1° – Maria demonstrou seu amor por Jesus dando o melhor que
possuía em seu benefício: o perfume (v. 3 ) . Ela não o amou apenas com
palavras, mas o fez com atitude: quebrou o vaso e derramou em Jesus o perfume.
Como era algo que tinha um alto custo ela certamente “quebrou”, com essa
atitude, o apego às coisas passageiras. Ela demonstrou que Ele era um hóspede
muito querido.

2° – Maria não deu apenas o ungüento a Jesus, mas demonstrou
ter lhe dado também seu coração. Ela não se incomodou com a presença de outras
pessoas no lugar, observando aquela cena, mas fez algo extravagante. O texto
relata que “encheu-se a casa do cheiro do ungüento”. A demonstração de amor de
Maria por Jesus tornou público seu sentimento.

3° – No relato de João 12, encontramos que ela derramou o ungüento sobre
seus pés e os enxugou com seus cabelos. Maria teve uma atitude humilde. Todos nós temos sapatos e meias; portanto, lavar os pés não
é algo tão necessário para nós. Contudo, os judeus calçavam sandálias e não
usavam meias. Freqüentemente andavam por regiões desertas e seus pés estavam
sempre sujos. Seus pés não apenas se sujavam quando viajavam, mas às vezes
sujavam-se ao caminhar pela casa logo após o banho(as casas não eram como as de
hoje!). Mesmo que o corpo já estivesse limpo, os pés ainda precisavam ser
lavados para que eles ficassem de fato completamente limpos. Enxugar os pés de
Jesus com seus cabelos demonstra que ela não se importava com a condição em que
eles estivessem. Ela queria muito agradá-lo, demonstrar seu amor, seu afeto,
desvelo, o quanto lhe queria bem. Ela conquistara algo que tão raro outros
judeus tinham: a oportunidade única de estar ali com o Mestre. Maria valorizou
ao máximo aquele momento.

4° – Ela não se incomodou com a reação das
pessoas. O versículo 4 diz que um dos discípulos sugeriu que tivesse vendido o
perfume e dado o dinheiro aos pobres. Mas Jesus defende-a dizendo que ela já o
estava preparando para a sepultura (ver Marcos 14:8) e que ela não o teria para
sempre alí. Com certeza Maria sabia que aquela sua atitude causaria uma reação
como essa por parte das pessoas, mas continuou firme no seu propósito: agradar
e receber bem o mestre.

Aplicando a Palavra

1° – Muito se tem falado da necessidade de sermos
pessoas de atitude em todos os aspectos do relacionamento em sociedade. Se
assim fizermos, seremos considerados pessoas aptas a diversas funções
oferecidas no mercado de trabalho. Paralelo a isso, está nossa vida com Cristo.
Precisamos tomar a atitude de querer agradar o Mestre. Devemos demonstrar nosso
amor por Ele publicamente ( Maria teve essa atitude!). Uma maneira importante
de se fazer isso é declarar que o aceitamos como Senhor e Salvador absoluto de
nossas almas e entregamos nosso coração a Ele. Lembra-se da definição de amor?
“Atração espontânea e intensa” por Jesus; uma “inclinação” a ouvir atentamente
o que só Ele tem para nos ensinar.

2° – Se confessarmos publicamente nosso amor por
Jesus, Ele também nos fará conhecidos diante do Pai. “ Portanto, qualquer que
me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está
nos céus (Mateus 10:32).” A partir de então seremos conhecidos de todos, já que
“para Deus somos o bom cheiro de Cristo” – conforme nos diz Paulo em II
Coríntios 2:15.

3° – Devemos ter o prazer de estar “aos pés de
Cristo”. Isso não se aplica no sentido literal nos dias de hoje. Mas estar aos
seus pés simbolicamente, demonstra nosso reconhecimento à sua soberania, sendo
esse um ato de adoração.

4° – Jesus reconhece e valoriza tudo que fazemos
para Ele. Mesmo sendo aquela atitude de Maria algo passageiro, Jesus valorizou.
Ele diz em Marcos 14:9- “… em todas as partes do mundo onde este evangelho
for pregado, também o que ela fez será contado para sua memória”. Ele nos
receberá e estaremos com Ele para sempre se fizermos o que lhe agrada. Observe
o que nos diz o evangelho de Mateus 25:34 – “…vinde benditos de meu Pai,
possuí por herança o reino que vos está preparado…”. Não devemos nos
incomodar com o que dizem os que estão ao nosso redor. A recompensa e a
valorização dada por Jesus à nossa atitude de agradá-lo é muito maior que tudo
e todo valor monetário que alguém possa sugerir em nossos ouvidos.

Concluindo a Palavra

Maria teve a atitude de dar o melhor que possuía. Em
contrapartida, os discípulos tiveram a atitude de repreendê-la. Mas é glorioso
saber que Jesus a acolheu! Qual tem sido a nossa atitude para com Jesus?
Estamos prontos a dar o que há de melhor para Jesus? Muitas pessoas podem achar,
como os discípulos acharam, que dar o melhor para Jesus é um desperdício. Mas
nós temos dado o melhor, o mais caro, o mais importante pra Jesus? Quem é Jesus
para nós? O que Ele merece de nós?

É bom
sabermos que Jesus quer nos acolher. Os seus braços estão abertos para nos
abraçar e nos receber. Ele jamais nos vai recriminar como outras pessoas podem
fazer. Se nossa atitude é de agradá-lo, mesmo que isso não faça sentido para os
outros, para Ele sempre fará!

Anúncios
 

Tags: , , ,

2 Respostas para “UMA DEMONSTRAÇÃO DE AMOR

  1. maria

    08/11/2011 at 08:58

    é verdade Deus espera atodo tempo, de nós essa atitude de agradar o seu coração, rompendo barreiras!

    essa mensagen fala muito ao meu coracão!

     
  2. maria

    08/11/2011 at 08:57

    é verdade Deus espera atodo tempo, de nós essa atitude de agradar o seu coração, rompendo barreiras!

    essa mensagen fala muitocao meu coracão!

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: