Anúncios
RSS

Eu e o Pai somos um

28 maio

Eu e o Pai somos um

Veja o vídeo: Deus Pai – PG

 

Estaremos compartilhando aqui uma série de cinco estudos sobre o livro de João. Desejamos que esses ensinos sejam o ponto de partida para muitas transformações em sua vida! Bom estudo!

1º) EU E O PAI SOMOS UM

Texto base: João 10:22-42

 

Contextualizando

Todo o acontecimento se passa por ocasião da Festa da
Dedicação. Essa festa era celebrada no dia 25 de Chislev (Dezembro).
Celebrava-se a purificação do templo feita sob a liderança de Judas Macabeus no
ano de 164 a.C. Antíoco Epfânio havia profanado o templo de Israel sacrificando
no altar um porco ao deus Zeus – de Olimpo. Isso ocorrera em 167 a.C. Após
Judas Macabeus ter purificado o templo eles instituíram a Festa da Dedicação.

Enquanto Jesus passeava por entre as pessoas os judeus
exigiam dele uma declaração clara se ele era, de fato, o Cristo(v.24). As
respostas de Jesus são muito sábias:

1° – Ele não diz que é nem que não é o Filho, mas esclarece
que se eles (os judeus ) cressem nas obras que ele fazia, então acreditariam
que ele era o Cristo, visto que só o Filho de Deus as poderia fazer ( v. 38 ).

2° – Ele afirma que os judeus não crêem nas suas obras
porque não são suas ovelhas ( v. 26 e 27 ). Conseqüentemente, se fossem suas
ovelhas creriam nele, já que as ovelhas crêem e seguem o seu pastor.

3° – Jesus afirma que protege suas ovelhas ( v.28 ) e que
elas estão guardadas pelo Pai (…“ninguém pode arrebatá-las da mão de meu
Pai”)(v. 29)

 

Princípios e
ensinamentos

1° – As nossas atitudes testificam se somos filhos de Deus,
assim como as obras que Jesus realizou testificaram que ele era o Cristo(v.
25).

Devemos estar
atentos para as nossas atitudes em todos os lugares por onde passamos. Se
fizermos e/ou falarmos coisas que não condizem com a atitude de um verdadeiro
cristão, logo não estaremos declarando que houve uma transformação genuína na
nossa vida. Há um sábio ditado que diz: “Nossas atitudes falam mais alto que as
nossas palavras”.

2° – Não devemos ser incrédulos (v .26)

A incredulidade naquilo que Jesus pode fazer
ainda hoje nos levará à separação de Deus. Estaremos fora do grupo que Ele
chamou de ovelhas. Se não cremos que Jesus é o Filho não ficaremos sobre a incondicional
proteção do Pai, já que “ninguém pode arrebatá-las de sua mão”. Se não
acreditamos que Jesus pode realizar maravilhas então não acreditamos na
existência de Deus, pois Ele afirma: “Eu e o Pai somos um”. Quando não cremos,
estamos sujeitos a agirmos com atitudes más, pois o que é bom se transforma em
mau – os judeus pegaram em pedras para apedrejá-lo. Conseqüentemente, não
teremos a salvação se agirmos assim.

3° – Não devemos duvidar das obras de Cristo

Muitas vezes
perdemos o melhor de Deus para as nossas vidas, família, emprego, etc, por duvidarmos
das obras que o Senhor pode fazer. Deus pode estar realizando coisas poderosas
em nosso meio, mas por causa da incredulidade podemos estar perdendo o que Deus
gostaria que estivéssemos recebendo. Os Judeus duvidaram das obras de Deus
realizadas através de Cristo e perderam a oportunidade de se tornarem suas
ovelhas(terem a salvação).

 

Aplicando a Palavra

1° – Somos edificados quando percebemos que ao aceitarmos a
Cristo temos o privilégio se fazer parte dos que chama carinhosamente de
ovelhas. Para refletir:  Estamos usando
as oportunidades que surgem para provar que
Cristo fez transformações em nossas vidas? Nossas atitudes estão
condizentes com a nossa condição de cristão?

2° – Nos sentimos mais próximos de Deus quando cremos que
Ele é poderoso para efetuar suas obras em nossa vida e na vida de todos que
estão ao nosso redor, independente da condição que essas pessoas se encontrem.
Temos crido que as coisas que vemos acontecer pelo Espírito Santo são advindas
de Deus?

3° – Estaremos agindo como verdadeiros cristãos quando o
rancor, o ódio, e outros sentimentos similares não obtiverem hospedagem no
nosso coração. Temos praticado o perdão todos os dias? Temos guardado nosso
coração de desejar o pecado a fim de mantermos um bom relacionamento com Deus?

As respostas são pessoais! Mas se elas estiverem de acordo, então estaremos trilhando o caminho para sermos um com o Pai e faremos a diferença no mundo em que vivemos! Aleluia!

Anúncios
 

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: