Anúncios
RSS

TECIDO POR DEUS

10 jul


“Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe.” (Salmo 139:13)

Amados, outro dia, em mais uma das minhas caminhadas de oração, me veio à mente o Salmo 139 e, refletindo e orando a Deus sobre ele, nasceu em meu coração o desejo de lê-lo no mínimo uma vez por dia. Mas houve dias em que senti que deveria fazer isso duas ou mais vezes. E assim o fiz. E a cada leitura feita ficava ainda mais extasiado diante da grandeza do meu Deus e passei a inclui-lo no meu louvor, na minha adoração, na minha gratidão e nos meus pedidos a Ele em relação às minhas necessidades e a de outros.
Passados alguns dias, porém, brotou em meu coração o desejo de compartilhá-lo com uma pessoa muito querida e de orar com ela por um período indeterminado, apresentando as necessidades dela e “relembrando” Deus daquilo que a Palavra dele dizia. Isso tenho feito desde então, mesmo não sabendo plenamente qual é o propósito do Senhor tanto para ela quanto para mim, uma vez que primeiramente esse texto falou comigo.
Mais uns dias se passaram e me veio ao coração a vontade de compartilhar com você algumas das verdades expressas nele. Digo algumas porque sei que a Palavra de Deus é uma fonte inesgotável, que alimenta e refrigera nossa alma e que se renova a cada manhã.
Primeiramente, gostaria de dizer que todas as pessoas que criam alguma coisa têm um propósito para sua criação. Pode ser algo específico com uma função específica para facilitar a vida em algum aspecto ou simplesmente como um simples entretenimento.
Normalmente, todo criador conhece muito bem sua criatura. Por isso, quando surge um problema, pode resolvê-lo com facilidade.
Há até uma história que diz que certa feita um industrial que tinha adquirido uma máquina de Henry Ford (o dono da indústria automobilística Ford) não conseguia consertar um problema. Depois de tentar muitas vezes, mas sem obter sucesso, decidiu chamar o inventor dela. Então ele veio e em poucos minutos consertou-a.
Na hora de pagar, o industrial assustou-se com o valor cobrado. Se não me falha a memória, eram mil dólares. Então decidiu questioná-lo. Todo aquele montante, quando o serviço fora feito em tão pouco tempo? Ford respondeu-lhe prontamente: “São 10 dólares pelo conserto e 990 por saber onde estava o defeito”. Segundo o narrador dessa história, aquele homem pagou-o satisfeito por entender que a justificativa dele era plausível.
O mais importante desse fato é que Ford criara aquela máquina com um propósito e conhecia muito bem o funcionamento dela. Assim, quando apresentou um defeito, ele foi direto ao ponto e resolveu-o com extrema facilidade.
Mas o que isso tem a ver conosco?
Creio eu que tudo, uma vez que, quando o Pai nos criou à sua imagem, segundo a sua semelhança (Gênesis 1:26 ao 29), Ele tinha um propósito muito claro e bonito: vivermos para o louvor da sua glória (Efésios 1:6,11,12,14) e para que nos tornássemos seus embaixadores aqui na terra (Texto). Por esse motivo, Ele conhece tudo o que diz respeito a nós.
Tal declaração fica evidente ao lermos os quatro primeiros versículos do Salmo 139. Aqui vemos a onisciência de Deus claramente, isto é, seu conhecimento infinito, universal. O que significa que nada sobre nós passa despercebido aos seus olhos. Entendo, então, que Ele não nos fez e depois nos abandonou à própria sorte. Ao contrário, está atento a tudo. Veja que o Pai conhece o nosso assentar e o nosso levantar, quando trabalhamos e quando descansamos. Além disso, entende o nosso pensamento e, mesmo que não tenhamos proferido nenhuma palavra, Ele já sabe o que vamos dizer.
No versículo 5, há outra verdade que não posso deixar de mencionar: Ele nos cerca por todos os lados e coloca a sua mão sobre nós. Eu entendo aqui que esse texto fala da proteção divina. Como se diz na linguagem dos políticos, existe uma “blindagem” ao nosso redor para que tenhamos a proteção e a segurança fundamentais à nossa existência, uma vez que cotidianamente somos bombardeados com tantos dardos inflamados do maligno, que usa pessoas, situações ou sugestões à nossa mente, a fim de nos destruir. Logo, posso compreender de modo mais claro I João 5:18: “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca”. Compreendo, pois, que se nós não abrigarmos pecado em nosso coração, ainda que queira o maligno não tem poder de tocar-nos, a não ser que haja uma permissão expressa do Pai, como ocorreu a Jó, mas que não é uma regra do Senhor e, sim, uma exceção.
Outra verdade que anseio compartilhar com você é sobre a onipresença de Deus, isto é, Sua presença em todos os lugares, registrada no Salmo 139:5 ao 12. Nesses versículos, vemos mais uma vez que o Pai não nos deixou à mercê das circunstâncias. Antes, porém, Ele pode se fazer presente em todos os lugares ao mesmo tempo para garantir a nossa integridade física, emocional, psicológica e espiritual. Entendo que não faz isso com o intuito de nos vigiar para nos punir quando pecamos, ou seja, quando erramos o alvo estabelecido por Ele próprio. Tenho por certo, que assim o faz a fim de nos dar todo o suporte necessário para vivermos a vida abundante que Jesus conquistou para nós lá na cruz (João 10:10b), mas que já era Seu sonho desde antes mesmo da criação do mundo.
Além da onisciência e da onipresença, Deus também é onipotente, ou melhor, tem o poder para fazer todas as coisas. Uma das mais fantásticas é que Ele nos teceu no ventre de nossa mãe. É isso mesmo! Fomos tecidos pelo Pai no ventre de nossa mãe!
Essa verdade é fundamental a todos nós, pois quebra vários conceitos e preconceitos que temos, quer tenhamos consciência deles ou não.
Um deles é que somos muito mais do que fruto de uma relação sexual entre um homem e uma mulher. Não somos apenas o resultado do encontro de um espermatozóide espertinho que conseguiu vencer outros milhões e fecundar um óvulo que já estava aguardando ansiosamente a sua chegada. Você foi tecido pelas mãos do próprio Deus!
Ainda que tenha sido almejado e projetado por um casal que muito se amava, você é mais do que isso. É fruto do sonho do Pai celestial.
Mesmo que tenha sido fruto de uma gravidez indesejada ou de um “acidente de percurso” como inúmeros dizem, você é mais do que isso.
Agora, quero fazer uma declaração bombástica: ainda que tenha sido fruto de um estupro, esse ato tão cruel contra a mulher, que não existem palavras que possam descrevê-lo tal é a dor causada (física, emocional e psicológica) e que normalmente deixam tantos traumas na vítima desse ato inefavelmente horrendo, você é muito mais do que isso. É fruto do sonho de Deus!
Digo isso com convicção porque, se não fosse assim, o espermatozóide que fecundou o óvulo que deu vida a você também teria morrido pelo caminho e havia sido expurgado naturalmente pelo organismo de sua mãe. No entanto, não foi o que aconteceu e você está neste momento lendo este texto. Por isso, se sua mãe engravidou depois de um estupro, eu lhe peço encarecidamente e em nome de Jesus que creia nisso e, se possível, compartilhe com sua mãe. Diga-lhe que você é mais do que um produto indesejado. Diga-lhe que é fruto do sonho de Deus. Diga-lhe que mesmo sem querer e sem saber ela foi e é bem-aventurada porque foi no ventre dela que você foi tecido e entretecido (entrelaçado) pelo Senhor. Diga-lhe que mesmo diante de tanta dor pela qual ela estava passando, o Pai transformou o mal em bem e fez você para ser uma bênção na vida dela, talvez até para cuidar dela, protegê-la e amá-la, sobretudo na velhice. Diga-lhe que Ele o teceu para cumprir os propósitos Dele na geração em que está vivendo, como o foi com Davi (Atos 13:22). Diga-lhe que você foi criado para o louvor da glória de Deus.
E quanto a você que talvez esteja pensando em abortar um filho? O que posso dizer? Posso e devo dizer que não o faça. O que você está gerando em seu ventre é muito mais do que o produto de uma relação sexual. É alguém que Deus quis que viesse à existência, mesmo antes da fundação do mundo, a fim de ser uma bênção para você e se tornasse um embaixador Dele aqui na terra. Portanto, não mate o sonho e a providência do Senhor para sua vida.

Anúncios
 
 

Tags: , , , , ,

2 Respostas para “TECIDO POR DEUS

  1. Abel Fernando

    04/09/2012 at 07:20

    Grato!

     
    • Luana Damaceno

      16/11/2012 at 22:29

      obrigada ! q DEUS o abençoe

       

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: