Anúncios
RSS

Arquivo da tag: promessas

Tocando as vestes de Jesus

tocando Jesus

E disse Jesus: Alguém me tocou, porque bem conheci que de mim saiu virtude.” (Lucas 8:46)

Hoje, é muito comum os fãs de um determinado artista, atleta ou qualquer indivíduo famoso querer abraçá-lo e triar uma selfie com ele. Outros se contentam apenas em tocá-lo. Já aqueles que são mais atiradinhos querem beijá-lo e ganhar um autógrafo. E, quando são atendidos, saem felicíssimos ostentando o grande feito.

Logicamente, não há nada de mal nisso, desde que sejam respeitados os limites do bom senso. Porém, por mais importante que seja tal pessoa, muito provavelmente ela não poderá ou não irá fazer muita coisa além disso pelo fã. O que também é normal.

Refletindo sobre isso, veio-me à mente uma das mais belas histórias bíblicas, a qual fala sobre uma mulher que tocou as vestes de Jesus (Marcos 5:25 ao 34; Lucas 8:43 ao 48).

O contexto em que essa narrativa acontece é o seguinte: A filha de Jairo, um dos principais da sinagoga, estava muito doente e ele veio pedir que Jesus fosse até a casa dele socorrer a garota, sendo prontamente atendido pelo Senhor (Marcos 5:22 ao 24).

Enquanto se dirigia à casa de Jairo, uma multidão o seguia. Então, uma mulher que padecia há doze anos com uma hemorragia e que já gastara todas as suas posses e, mesmo assim, ia de mal a pior, ouvindo falar de Jesus, veio por trás do Senhor e tocou-lhe as vestes.

A mulher fez isso porque pensava desta maneira: “Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei” – Marcos 5:28. E foi justamente o que ocorreu. Veja: “E logo se lhe secou a fonte do seu sangue; e sentiu no seu corpo estar já curada daquele mal” – Marcos 5:29.

Nesse momento, Jesus voltou-se para a multidão e perguntou: Quem tocou nas minhas vestes? – Marcos 5:30b. Ora, esse era um questionamento aparentemente tolo. Se ele estava cercado por tanta gente, era normal que isso acontecesse.

Os discípulos também pensavam dessa forma. Por isso, disseram-lhe: “Vês que a multidão te aperta, e dizes: Quem me tocou?” – Marcos 5:31.

Pela maneira como falaram, entende-se que eles consideraram a fala de Cristo absurda ou, no mínimo, descabida. Caso estivéssemos lá naquele momento, creio que também pensaríamos assim.

No entanto, mal sabiam eles que aquele episódio nos deixaria como legado grandes e preciosos ensinamentos. Vamos meditar sobre alguns deles?

Primeiro: Multidões sempre acompanharam o Mestre. Muitos o faziam por acreditarem que de fato ele era o Messias (o YESHUA HAMASHIA, Jesus Cristo, o ungido de Deus). Outros, por considerá-lo um popstar ou superstar. Outra parte o seguia para ver o show de milagres e havia quem o seguisse por causa da comida. Hoje, não é muito diferente disso. Todavia, quem o segue com a motivação errada jamais vai conhecê-lo de fato.

Segundo: Aquela mulher tocou o Senhor de uma forma diferente. Mas qual era a diferença entre o toque dela e o das demais pessoas? Read the rest of this entry »

Anúncios
 

Tags: , , , , , ,

O TEMPO DE DEUS

relógio

            Muitas vezes nos questionamos sobre não recebermos algo que tanto esperamos de Deus. Dizemos até que “já pedimos tanto em oração”! Estamos acostumados a ser atendidos imediatamente, talvez pelo fato de termos sido socorridos sempre que chorávamos e mamãe ou papai vinham nos socorrer… Então, achamos que se Deus é Todo-Poderoso e pode dar-nos tudo o que pedimos ou pensamos (conforme Efésios 3:20), Ele bem que poderia nos atender rapidinho!

Nós só paramos para pensar nos textos que nos interessam e que de certa forma massageiam nossas emoções. Àqueles a que deveríamos atentar para acalmar nossas ansiedades talvez leiamos menos do que devêssemos.

Pense no texto que diz: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito embaixo do céu” (Eclesiastes 3:1). Nesse ponto, chego a pensar que só acreditamos no que está escrito quando estamos “suspeitando” que Deus não nos responderá. No entanto, a própria palavra nos corrige quando diz: “Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa. Porventura diria Ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?” (Números 23:19). Se cremos em Deus e sabemos que Ele cumpre sua Palavra, já que também está escrito “…porque Eu velo sobre a minha palavra para a cumprir” (Jeremias 1:12), devemos acreditar sinceramente que Ele nos tem ouvido e em seu tempo nos responderá.

Vejamos que é “em Seu tempo”! Há uma definição muito interessante de tempo na enciclopédia Wikipédia. Ela argumenta que os antigos gregos usavam dois termos para definir tempo: chronos e kairós. Kairós quer dizer “o momento certo” ou “oportuno”. Enquanto o primeiro termo refere-se ao tempo cronológico, ou seqüencial, o segundo é um momento indeterminado no tempo em que algo especial acontece. Os teólogos usam kairós para descrever a forma qualitativa do tempo, “o tempo de Deus”, enquanto chronos é de natureza quantitativa, “o tempo dos homens”. Aleluia! Que interessante saber que será num momento especial que Deus fará o que nos for melhor. Do mesmo modo interessante é observar que será com muita qualidade! Também indescritível é saber que o tempo kairós de Deus não poderá ser medido, apenas vivido!

Então, não devemos ter pressa. Apenas confiar que em tempo especial e oportuno, mas não definido, Deus fará com a qualidade que só Ele tem o que pedimos ou pensamos. Devemos continuar crendo que a Palavra dita por Cristo é realmente verdadeira: “E tudo quanto pedirdes em meu nome Eu o farei…”(João 14: 13).

Márcia Araújo

 
 

Tags: , , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: